segunda-feira, 1 de junho de 2009

Tudo se Resolve.

Nem mesmo o céu nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito, não é maior que meu amor.  Será que em um grito, ou em rugido alguém pode escutar isso. Será que nosso amor por outra pessoa, não pode se espelhar ao nosso?

Algo especial, algo forte que nunca poderá ser quebrado. Dor? Inevitável. Resistência? Necessária. Palavras que nunca me momento nenhum saíram da nossa vida. O quão é difícil a gente esquecer tudo. Quão bom era ser criança e não ter a metade dos problemas que a gente tem. Mas perai! Será que eles existem mesmo, ou nos os criamos. Ai volta a bendita teoria do 90/10. Cacetada. Pra aonde eu to indo? Será que esses são os mesmos rumos que eu tracei no dia 31 de Dezembro de 2008? Não.. Não.. Não.. Não são! Pelo contrario. Ta indo tudo em lado oposto. Caraca quanta coisa NE. Olha aonde estamos indo parar, sem ao menos esperar nada. A cada dia sinto que isso acaba comigo. E que em um simples sussurro, poderei deitar e descansar em paz. Será que o oposto é bom? Não sei, futuramente vou dizer. E com orgulho vou dizer que foi bom aquilo tudo. Por mais que não teria sido certo.

Um dia poderia ter certeza, e Deus me mostrara o por que eu to aqui. O por que disse tudo. Qual é o propósito.. é fazer aquilo que meu coração sente? Um dia eu terei o prazer de mostrar o que vim fazer aqui. Saber, digamos que meu coração sabe, fazer? Digamos que agora não seria a hora. Mas de um coisa tenho certeza. Quando for, o executarei com muito orgulho.

Um dia depois de amanha. Tudo se resolve. Como sempre digo. “Tem dias que sentimos mais que os outros”

Felipe Lordes

Um comentário:

  1. "E eu choro... sem ninguém ver...
    eu choro... choro..."
    trecho música (choro-jeito moleque)

    “Tem dias que sentimos mais que os outros”

    ResponderExcluir